segunda-feira, 24 de novembro de 2014

VIATURA DA PMPE É ATINGIDA COM DISPAROS DE ARMA DE FOGO


Nesta madrugada(23.11.14) quando em caráter de rondas uma guarnição da 3ª CPM do 24º BPM, foi atingida por diversos disparos feitos por elementos desconhecidos, os elementos estavam de motos. Os bandidos  atiraram contra viatura do 24º BPM, Graças a Deus nossos Companheiros não foram atingidos, mas o pára-brisa da viatura ficou repleto de tiros,.




Ler Matéria...

domingo, 23 de novembro de 2014

CHIKUNGUNYA CIRCULANDO NO BRASIL

23/11/2014
Próximo verão será o 1º com dengue e chikungunya circulando no país

Aedes aegypti transmite tanto a dengue quanto o chikungunya


Doenças têm sintomas parecidos e são transmitidas pelo mesmo mosquito.
Chikungunya, no entanto, tem taxa de mortalidade considerada baixa.


O vírus chikungunya deve se espalhar pelo país seguindo o padrão de disseminação da dengue, segundo infectologistas ouvidos pelo G1. No próximo verão, portanto, é provável que diferentes regiões do país tenham surtos simultâneos de dengue e chikungunya. Desde que chegou ao Brasil até o dia 25 de outubro, o chikungunya já infectou 828 pessoas, de acordo com balanço mais recente do Ministério da Saúde. O primeiro caso de transmissão interna do vírus no país foi registrado em setembro.

O médico Carlos Roberto Brites Alves, da Sociedade Brasileira de Infectologia, lembra que os vetores das duas doenças são os mesmos: os mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. “Temos dengue há mais de duas décadas e não conseguimos eliminar a infecção, pois não conseguimos eliminar os mosquitos. A chance de o chikungunya seguir um padrão semelhante de ocorrência é grande”, diz o especialista.
Para Stefan Cunha Ujvari, infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e autor do livro “Pandemias: a humanidade em risco”, o histórico do vírus nos últimos 10 anos permite concluir que ele deve continuar se espalhando.
“A expansão do vírus começou em 2004, quando estava no interior da África e foi parar no litoral do Quênia. De 2004 para cá, houve uma expansão progressiva pela costa leste da África, pelas ilhas do Oceano Índico e países do sul e sudeste da Ásia. Em dezembro do ano passado, chegou às ilhas Martinica e Guadalupe e acabou se espalhando pelo Caribe”, diz Ujvari. “Isso mostra nitidamente que é um vírus que está se espalhando pela locomoção humana.”
Ele lembra que na época de férias há uma movimentação maior de pessoas, inclusive para as ilhas do Caribe, onde há grande disseminação do vírus. “Vai haver um fluxo de pessoas que podem trazer o vírus. Se houver chuvas, que levam a um maior número de mosquitos, tem uma chance muito grande de o chikungunya eclodir como uma epidemia no próximo verão.”

Tendência da dengue

No ano passado, o país registrou um número muito alto de casos de dengue: 1.452.489 pessoas foram infectadas. Este ano, até 11 de outubro, foram 547.612 casos, o que representa uma tendência de diminuição de infecções. Para Alves, medidas locais como o controle dos criadouros de mosquitos e o uso de mosquitos geneticamente modificados para controlar os vetores da doença podem surtir efeito no próximo verão.

Além disso, quando há um número muito grande de infectados em um ano, no ano seguinte, o número de casos tende a ser menor, pois já há mais pessoas imunes aos subtipos de vírus que circularam no período anterior.

Epidemias simultâneas

Nos últimos 10 anos, já houve ocorrências de epidemias simultâneas de chikungunya e dengue no mundo, segundo Ujvari. Foi o que aconteceu no Gabão, em 2007: o chikungunya chegou ao país no meio de uma epidemia de dengue.

Nesses casos, como os sintomas iniciais são parecidos, como febre, dor de cabeça e dor muscular, pode haver dificuldade de diferenciar os dois. Como nenhuma das duas doenças tem tratamentos específicos – a estratégia limita-se a tratar os sintomas – Ujvari afirma que o melhor, quando há dúvida sobre o diagnóstico, é conduzir como se fosse um caso de dengue.
Apesar de provocarem sintomas parecidos, tratam-se de vírus totalmente distintos. Quem já pegou dengue, portanto, não está imune ao chikungunya. O fato de já ter tido dengue também não determina que uma infecção por chikungunya seja mais grave.
saiba mais

Campanha do Ministério da Saúde

No início do mês, o Ministério da Saúde lançou uma campanha para alertar sobre a importância da prevenção contra dengue e chikungunya. Chamada “O perigo aumentou. E a responsabilidade de todos também”, a campanha estimula o combate ao mosquito transmissor das doenças.

O ministro da saúde, Arthur Chioro, afirmou durante o lançamento da ação que o que preocupa mais é a dengue. "Nós não teremos óbitos por chikungunya e nós temos óbitos com a dengue. Muito embora tenhamos reduzido em 40% o total de mortes de 2013 para 2014, tem uma manifestação mais grave, muito mais preocupante que chikungunya."

'Aqueles que se dobram'
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.

Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, ela pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Como as pessoas pegam o vírus?
Por ser transmitido pelo mesmo vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti, e também pelo mosquito Aedes albopictus, a infecção pelo chikungunya segue os mesmos padrões sazonais da dengue.

O risco aumenta, portanto, em épocas de calor e chuva, mais propícias à reprodução dos insetos. Eles também picam principalmente durante o dia.
O chikungunya tem subtipos diferentes, como a dengue?
Diferentemente da dengue, que tem quatro subtipos, o chikungunya é único. Uma vez que a pessoa é infectada e se recupera, ela se torna imune à doença. Quem já pegou dengue não está nem menos nem mais vulnerável ao chikungunya: apesar dos sintomas parecidos e da forma de transmissão similar, tratam-se de vírus diferentes.


Quais são os sintomas?

Entre quatro e oito dias após a picada do mosquito infectado, o paciente apresenta febre repentina acompanhada de dores nas articulações. Outros sintomas, como dor de cabeça, dor muscular, náusea e manchas avermelhadas na pele, fazem com que o quadro seja parecido com o da dengue. A principal diferença são as intensas dores articulares.

Em média, os sintomas duram entre 10 e 15 dias, desaparecendo em seguida. Em alguns casos, porém, as dores articulares podem permanecer por meses e até anos. De acordo com a OMS, complicações graves são incomuns. Em casos mais raros, há relatos de complicações cardíacas e neurológicas, principalmente em pacientes idosos. Com frequência, os sintomas são tão brandos que a infecção não chega a ser identificada, ou é erroneamente diagnosticada como dengue.
Tem tratamento?
Não há um tratamento capaz de curar a infecção, nem vacinas voltadas para preveni-la. O tratamento é paliativo, com uso de antipiréticos e analgésicos para aliviar os sintomas. Se as dores articulares permanecerem por muito tempo e forem dolorosas demais, uma opção terapêutica é o uso de corticoides.


Como se prevenir?

Sobre a prevenção, valem as mesmas regras aplicadas à dengue: ela é feita por meio do controle dos mosquitos que transmitem o vírus.


Portanto, evitar água parada, que os insetos usam para se reproduzir, é a principal medida. Em casos específicos de surtos, o uso de inseticidas e telas protetoras nas janelas das casas também pode ser aconselhado.
                                           

Ler Matéria...

VEÍCULO NANICO NO BRASIL

23/11/2014 
Projeto 100% brasileiro, Nanico Car 

Carro brasileiro está disponível para encomendas e terá versão elétrica.

 O Nanico tem 1,90 metro de comprimento e foi criado pelo designer autodidata Caio Strumiello. Um motor de 125cc, herdado de um scooter, rende 12 cavalos de potência e empurra o carrinho de 242 kg até 80 km/h, mas obviamente velocidade não é seu forte.
Além de ser pequeno, ele é econômico, com consumo médio de 30 km/l. O tanque guarda até 4 litros de gasolina, o que permite uma autonomia de cerca de 120 km. Atualmente, versões a gasolina ou a gás natural (GNV) são produzidas artesanalmente em São Paulo, por um preço de R$ 15 mil e R$ 18 mil, respectivamente.

Já o Corvette é impulsionado por um V8 de 6.2 litros, que rende 500 cv e leva o modelo a atingir velocidades superiores a 300 km/h. Embora não possa tirar tudo do carro, o visitante do AutoEsporte Exposhow pode ter um gostinho do potencial em um teste no Anhembi, por R$ 199,99 – outros modelos também estão à disposição, como Mustang, Dodge Challenger e Camaro.
Nanico Car tem versão elétrica esperando parceiros para produção em larga escala (Foto: Peter 
O Nanico Car chamou a atenção do físico Paulo Roberto, que se tornou sócio de Strumiello para desenvolver uma versão elétrica. Os dois esperam parceiros para produção em grande escala. Segundo Roberto, a empresa já tem cerca de 100 encomendas pelo veículo, que será movido inicialmente por motor de 7,5 kW e bateria importados da China.


O pequeno carro custaria atualmente de R$ 27 mil a R$ 30 mil, mas os desenvolvedores esperam incentivos do governo federal – até agora apenas híbridos tiveram imposto reduzido. Para Roberto, com a possível desoneração, o veículo para 2 duas pessoas cairia para R$ 20 mil, possibilitando a produção no próximo ano.
A ideia é fornecer um kit de painel solar ao comprador para instalação em casa, assim ele não terá mais gasto com combustível. De acordo com a Nanico, uma recarga levará até 5 horas e permitirá deslocamento de até 80 km. Para atender a legislação, ele terá freios ABS e airbag.

Nanico custa R$ 15 mil a gasolina; elétrico deve chegar aos R$ 20 mil 

Na briga entre Davi e Golias, o Nanico ficou para trás em praticamente todos os quesitos. A posição de dirigir não é ideal e o conforto na cabine é mínimo – ainda mais em duas pessoas. No entanto, no quesito mobilidade e sustentabilidade, “Davi” venceu. Cerca de 2 metros são suficientes para manobrar e ele cabe em qualquer vaga.

Além disso, seja a gasolina, GNV ou eletricidade, o Nanico consome muito menos que o Corvette e é uma proposta “verde” para metrópoles como São Paulo. Se toda a frota da capital paulista fosse de Nanicos, imagine como seria o trânsito

Fonte G1





Ler Matéria...

sábado, 22 de novembro de 2014

MORRE EM BARBALHA SR LUNGA

Sr Lunga figura folclórica do Juazeiro do Norte, veio a óbito aos 87 anos na cidade de Barbalha na manhã de hoje 
+Joaquim Santos Rodrigues  "Seu Lunga" - 87 anos 

Joaquim Santos ganhou fama com respostas ao "pé da letra".

É um dos personagens populares da cultura nordestina.




       Joaquim Santos Rodrigues, o "Seu Lunga", morreu por volta das 9 horas deste sábado (22) na cidade de Barbalha, no Cariri cearense.  "Seu Lunga" tinha 87 anos e estava internado no Hospital São Vicente de Paulo há três dias, em Barbalha, por causa de um câncer de esôfago. O sepultamento será neste domingo(23) no Cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte. Comerciante, poeta e repentista ganhou fama no Nordeste pelos causos que citavam seu mau-humor.
"Seu  Lunga" nasceu no dia 18 de agosto de 1927, no Sítio Gravatá, na zona rural do município de Caririaçu, na Região do Cariri.  Viveu a infância com os pais e sete irmãos no município de Assaré, e com 16 anos foi morar em Juazeiro do Norte.
saiba mais
  • Comercio de Seu Lunga
O cearense é um dos mais folclóricos nomes da cultura popular nordestina. Tornou-se personagem de inúmeras anedotas por suas respostas ao ''pé da letra'', diretas e intempestivas.
O apelido, recebeu de uma vizinha que passou a chamá-lo de Calunga que, com o tempo foi reduzido para "Lunga". Casado com dona Carmelita Rodrigues Camilo, era pai de 13 filhos, dos quais, dois morreram.
"Causos"


Em entrevista veiculada na TV Verdes Mares em abril de 1996, um morador conta que o prefeito de Juazeiro do Norte precisou construir uma praça e avisou aos moradores das casas que retirassem os veículos, já que a praça fecharia o acesso às garagens. “Seu Lunga” cismou e disse que não retirava. O resultado é que o carro ficou “preso” na garagem, segundo o morador.
Perguntado pela repórter se o cometário era verdadeiro, ele respondeu: “Tudo no mundo tem jeito. O que não tem jeito é esse bando de desocupado que fica inventando estória e fazendo pergunta imbecil”. "O senhor é popular na cidade", pergunta o repórter? "Não. É que eu não gosto de pergunta imbecil e o povo gosta de fazer pergunta imbecil. Tem de pensar antes de falar. Eu não tenho esse jeito de falar bobagem e de ouvir besteira". A entrevista continua: "O senhor vende tudo aqui, não é, “Seu Lunga”?". O comerciante reponde de pronto:  "Não. O mundo não tem tudo, como é que você quer que eu venda tudo aqui na minha mercearia?"
Sobre os políticos, “Seu Lunga” também tinha opinião formada é não era das melhores. “No nosso Brasil tá faltando homem de fibra, de caráter, homem que faça as coisas de maneira honesta. Esse povo que está aí no poder, mandando, é de fazer vergonha”

Fonte G1 CE
Ler Matéria...

HOMICÍDIO EM AGRESTINA

22.11.14

Mais um crime de morte nesta última 5ª feira na cidade de Agrestina





José Sebastião da Silva ( Baiano ) - 47 anos

Um mototaxista foi assassinado no início da noite desta quinta-feira (20), na Avenida Governador Etelvino Lins, no centro de Agrestina. A vítima foi José Sebastião da silva, o popular Baiano, de 47 anos, que trabalhou durante muito tempo como caminhoneiro.
De acordo com testemunhas, a vítima estava em casa quando chegou um desconhecido bateu a porta e ele foi atender e o meliante se queixando que estava com muita sede pediu água, a esposa da vítima foi buscar, o elemento tomou 3 copos, a mulher foi a cozinha e só ouviu os disparos e quando retornou, o assassino que é moreno, alto, magro e usava boné, ainda estava com o copo na mão, jogou o resto da água na mulher e foi embora. O mototaxista foi baleado com 3 tiros e foi socorrido para o hospital local, onde morreu minutos depois e o corpo foi encaminhado para o IML de Caruaru. 

Fonte Adielson Galvão
Ler Matéria...

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

BARRAGEM SANTANA NO BREJO DA MADRE DE DEUS

O contraste de falta de vegetação no semi-árido nordestino, Santa Cruz do Capibaribe está há aproximadamente 50 km da sede do Brejo da Madre de Deus que está situada em relevo que comporta a mata do Bitury, as chuvas na localidade mudam a paisagem da seca na região, está aí a barragem do Santana armazenando água para população, bem próximo num raio de aproximadamente 50 km estão as barragens de Tabocas, Machado, e Poço Fundo, com o índice zero de capacidade diferente da Santana próximo dos 100%








Na segunda-feira(18), choveu forte no Brejo da Madre de Deus e região e a barragem Santana II continua acumulando muita água
Na manhã de terça-feira, constatamos que a barragem Santana II está praticamente cheia, faltando cerca de 15 cm para sangrar.
É bom lembar que mesmo com as forte chuvas caídas, a barragem Santana II não sangrou ainda, devido o desassoreamento que foi realizado este ano, pelo Prefeito Roberto Asfora, onde foram retirados da barragem aproximadamente 5000 carradas de terra, deixando o reservatório para capacidade de mais de 50% .de sua capacidade.


Barragem de Poço Fundo


Barragem de Tabocas 


Barragem do Machados


Fonte Estação Noticias
         Rui Medeiros






Ler Matéria...

POLICIA MILITAR EFETUA PRISÃO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

21.11.14
Dupla com porte de arma de fogo são conduzidos até a delegacia de Santa Cruz do Capibaribe
JAQUIM FAZ PARTE DA GANG DO SANTA TEREZA
LAGO GONÇALVES BARBOSA - JACKSON SEVERINO DA SILVA ( JAQUIM)

ARMA APREENDIDA

Na manhã desta sexta-feira (21) foram presos no bairro Santa Tereza em Santa Cruz do Capibaribe, Jackson Severino da Silva conhecido por “Jaquinho” (26 anos), que reside no bairro São José e Iago Gonçalo Barbosa (20 anos), que reside na Rua Amaro Manoel das Chagas no bairro São Miguel.

A dupla estava em um veículo Montana de cor branca e placa PEX-8321. O efetivo foi informado que dentro do veículo um dos envolvidos estaria armado. O efetivo da guarnição composta pelo Cabo Júnior e o Soldado Vieira localizaram o veículo e realizaram a abordagem.


Dentro do veículo foi encontrado um revólver calibre 38 oxidado de marca Taurus, contendo seis munições intactas do mesmo calibre, após a abordagem a dupla foi conduzida para a delegacia de Santa Cruz do Capibaribe

Um dos envolvidos, “Jaquinho” estaria com um mandado de prisão temporário em desfavor do mesmo e foi recolhido ao Presídio, enquanto Iago ficou a disposição da justiça.

Fonte Ney Lima





Ler Matéria...

TRANSITO VIOLENTO


21.11.14

Grave Acidente Com Caminhão Mata Mãe e Filho na PI 214 em Luzilândia no Piauí






Mãe e filho morreram na tarde desta quarta-feira (19/11) em um grave acidente na PI-214, cidade de Luzilândia. Graça e Agrovan, moradores do povoado Sapucaia, município de Madeiro do Piauí, estavam em uma moto e foram colhidos violentamente por um caminhão. A tragédia aconteceu quando as vítimas seguiam de Esperantina para cidade de Madeiro. Ao chegarem no entroncamento da rodovia que dá acesso ao município das vítimas, já chegando em Luzilândia, acabaram sendo atropelados. O motorista evadiu-se do local, e testemunhas relataram apenas que seria um veículo de cor vermelha. Graça teve uma das pernas dilaceradas pela violência do acidente. Restos mortais das vítimas ficaram espalhados pela pista. Os corpos de mãe e filho foram recolhidos e encaminhados para o necrotério do Hospital Gerson Castelo Branco, de onde após os exames periciais, foram liberados e já trasladados para o povoado Sapucaia para serem velados e sepultados.

Blog Cabuloso





Ler Matéria...